top of page
Buscar
  • Foto do escritorGiro Bike Experience

Bienal de Arquitetura das Bicicletas

Sim, existe a Bienal de Arquitetura das Bicicletas. E ela seleciona projetos no mundo todo que gerem impacto urbano e social através das bikes.

Quem está por trás dessa iniciativa é a Bycs, empresa com sede em Amsterdam, que enxerga o ciclismo muito além de uma solução de transporte para as cidades, é uma força poderosa de transformação. Para eles, cada cidade ou bairro tem o potencial de se tornar uma história de sucesso através do ciclismo.


A Bycs tem uma missão super bacana chamada 50by30 - metade de todas as viagens da cidade (Amsterdam) de bicicleta até 2030. Exige as ideias mais brilhantes e a ação mais determinada. Acreditam que isso vai liberar enormes ganhos sociais, ambientais e econômicos para todos.



A BAB é uma prestigiada mostra de projetos de ponta e de alto perfil que facilitam a viagem de bicicleta e transforma comunidades em todo o mundo. Depois de uma primeira edição de enorme sucesso, a segunda BAB foi lançada em Amsterdã em junho de 2019, antes de iniciar sua turnê mundial.


As cidades que colocam o ciclismo no centro do design urbano liberam enormes ganhos sociais, econômicos e ambientais. A bienal foi concebida pela BYCS como uma forma de inspirar as pessoas em todo o mundo a imaginar novas possibilidades para cidades centradas no ser humano. Quinze projetos - de nove países - foram selecionados para a BAB. Os projetos foram selecionados por sua capacidade de demonstrar como as soluções de design podem ir além do funcional, e também levar a estilos de vida mais saudáveis, comunidades mais inclusivas, um ambiente mais limpo ou uma economia mais sustentável.


Os trabalhos expostos na BAB são selecionados, juntamente com projetos escolhidos a partir de um aplicativo global de chamada aberta. Onze dos escolhidos são totalmente construídos, enquanto quatro são conceituais ou planos de projeto. A exposição foi organizada por três temas - Rotas, Conexões e Destinos. Esses temas revelam a variedade de maneiras pelas quais o ciclismo transforma as pessoas e os lugares e tentam transmitir o equilíbrio entre mover-se e permanecer que a arquitetura para as bicicletas emprega a fim de criar lugares prósperos e habitáveis.



Este projeto da Lens ° Ass Architects leva ciclistas através de um caminho de mais de 200 metros de comprimento e três metros de largura, com água ao nível dos olhos em ambos os lados. Que sensação deve dar! A ciclovia recebe, em média, 700 ciclistas por dia, e já foi considerada pela revista Time “um dos 100 melhores lugares do mundo”.
Ciclovia "submersa" em Limburgo, na Bélgica

Este semi-círculo duplo em aço feito pela BuroLandschap tem cerca de 700 metros de comprimento, e aparece na junção número 272 da rede de rotas ciclísticas de Limburgo, na Bélgica. Ciclistas passeiam pela floresta de Pijnven, a uma altura de até 10 metros do solo.
Ciclovia entre as árvores em Limburgo, Bélgica

Esta ponte curva projetada pela Schneider + Schumacher abrange uma entrada de 70 metros de largura no porto de petróleo da cidade. A ponte teve que ser projetada para evitar o contato dos petroleiros com o público.
Ponte Ölhafen em Raunheim, Alemanha



Esta ciclovia de 8 km de extensão, em Xiamen, passa sobre uma rede aérea de ônibus desta cidade chinesa. Foi o escritório Dissing + Weitling que criou esta que é a primeira ciclovia suspensa da China (e a ciclovia aérea mais longa do mundo).
Xiamen Bicycle Skyway, China

Esta junção do anel viário B-20 e da via expressa B-23 era uma barreira para pessoas que caminhavam e pedalavam por ali há 60 anos. Agora, um novo caminho (construído pela Batlle i Roig para ciclistas e pedestres) oferece uma travessia mais direta, cortando quase 500 metros da antiga rota.
Ciclovia em Barcelona, Espanha

Para conhecer mais projetos incríveis como esses: https://bycs.pr.co/media_kits/221856


Assista o vídeo sobre a Bienal




24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page